Mitos e verdades sobre seguros para automóveis

Você sabe diferenciar fatos e mentiras sobre seguros para automóveis? Então aprenda as diferenças e usufrua dos benefícios disponíveis. Confira!

 

Mitos e verdades sobre seguros para automóveis

Qualquer pessoa que utiliza de veículo para se deslocar de um lugar para outro, seja na cidade, no campo ou até mesmo no litoral, está sujeita a passar por alguma dificuldade com o seu carro.

Adversidades como problemas técnicos, falhas mecânicas, furtos e colisões se tornaram comuns nos grandes centros urbanos. Daí a necessidade de contar com o apoio de um bom seguro para automóvel.

Na hora do aperto é que percebemos a importância do seguro para automóvel. Nesse momento, também surgem dúvidas, questionamentos e “historinhas incríveis” que incomodam as mentes, deturpando realidades e valores acerca de serviços e assistências oferecidas pelos seguros.

Por isso, a fim de facilitar o entendimento e acabar com as incertezas sobre o tema, elencamos os principais mitos e as verdades sobre os seguros para automóveis.

Acompanhe:

 

Seguro para carro novo é mais barato (verdade)

Veículos 0km que saem da concessionária ou automóveis seminovos de até cinco anos de fabricação têm o valor do seguro avaliado entre 3% e 6%. Já carros usados e os que tem mais de dez anos de uso, podem alcançar até 15% do preço do automóvel, uma vez que as manutenções e reposições de peças são mais recorrentes e ainda há veículos que não são mais produzidos.

 

Seguro de automóvel é caro (mito)

A ideia de que o seguro para automóvel é caro não passa de uma grande fantasia que assusta muita gente. Antes de tudo, é preciso considerar os benefícios que são adquiridos com o seguro, além da tranquilidade, segurança e assistência 24 horas que proporcionam ao segurado.

 

Mulheres pagam menos (verdade)

O perfil do condutor ou da condutora é fator que influencia o cálculo do seguro para automóvel. Por isso, o custo pode chegar a 20% de desconto para elas. Até porque as mulheres são mais cautelosas e prudentes no volante.

 

Adultos pagam seguro menor do que jovens (verdade)

Pessoas acima de 25 anos de idade geralmente pagam valores menores de seguros do que jovens com idade inferior. A diferença se deve ao perfil, uma vez que os adultos e os mais experientes são mais moderados e cuidadosos ao dirigir.

 

Bens deixados dentro do veículo têm cobertura (mito)

Os seguros automotivos servem para cobrir o valor do carro. Itens subtraídos no interior do automóvel só podem ser reembolsados se houver uma cobertura adicional ou um seguro específico como é feito para dispositivos eletrônicos como notebooks, celulares e outros.

 

Valor do seguro oscila (verdade)

Fatores como perfil do cliente, região, uso de garagem, modelo e ano do automóvel, entre outros, influenciam a precificação do seguro. Por isso, a avaliação do veículo é feita constantemente, o que provoca variações muito rápidas e diferenças de valores entre as seguradoras.

 

A seguradora deve ser da cidade onde você mora (mito)

Antes de contratar um seguro para automóvel, é necessário buscar uma corretora para estabelecer o seu perfil e facilitar a utilização dos serviços contratados em caso de necessidade. O seguro existe para oferecer segurança e tranquilidade ao segurado.

 

A renovação do seguro deve ser feita com documentos em dia (verdade)

O seguro do veículo só pode ser renovado se a documentação estiver em conformidade com o estabelecido na legislação. Por isso, é necessário manter impostos atualizados e pagar as respectivas taxas.

 

Seguro não cobre desastres naturais (mito)

Há quem acredite que um seguro automotivo não cubra sinistros e despesas relacionadas a desastres naturais como enchentes, alagamentos, inundações, granizo, quedas de árvores, temporais, ventania, raios, entre outros. A contratação de cobertura adicional de danos causados por ações da natureza garante tal benefício.

 

Seguro para carro com garagem é mais barato (verdade)

Quem possui uma garagem ou lugar fixo para guardar o veículo pode alcançar a redução aproximada de 20% do valor final. O desconto é significativo, uma vez que os carros estacionados nas ruas oferecem o risco maior de roubo, furto ou vandalismo.

 

O valor do seguro varia conforme a cor do veículo (mito)

A cor do automóvel não interfere na precificação do valor do seguro. Esse item faz parte das informações obrigatórias na documentação e permite aprimorar os dados cadastrais.

 

Inadimplência cancela o seguro (verdade)

A falta de pagamento das parcelas do seguro pode cancelar o serviço. Caso haja atraso das obrigações, a seguradora pode reduzir o prazo de validade da apólice e estabelecer novos prazos de vigência do contrato. Portanto, mantenha os pagamentos em dia.

 

Seguros feitos no Brasil têm cobertura no exterior (mito)

Sem cobertura adicional não é possível contar com o apoio de seguro automotivo em âmbito internacional. Por isso, é necessário consultar a sua seguradora para averiguar o que é possível fazer nessas situações. Caso contrário, o seu carro pode ficar desprotegido.

 

Bloqueadores e rastreadores barateiam o seguro (verdade)

A instalação de equipamentos de segurança e itens que bloqueiam o funcionamento de veículos favorece a diminuição dos valores dos seguros. O mesmo acontece com rastreadores de automóveis. Tais instrumentos inibem a ação de criminosos e aumentam as chances de encontrar veículos desaparecidos. E isso é bom para todos.

 

Aumento da violência afeta o valor do seguro (verdade)

A precificação do seguro do veículo também é baseada em fatores relativos à segurança pública como índice de furtos e roubos, número de acidentes, regiões mais afetadas, trajetos, locais de estacionamento e outras questões que afetam o valor final.

 

Não tenha receio

Contar com um seguro para automóvel faz muita diferença. Afinal, você pode dirigir o seu carro com proteção e tranquilidade o tempo todo, proporcionando mais conforto e bem-estar a sua família, inclusive a outros.

Ao contratar um seguro para automóvel é necessário estar ciente de cada escolha e suas implicações. Além da assistência básica, é possível adicionar coberturas e serviços conforme o perfil de cada cliente. De acordo com o plano, também é possível obter descontos em consertos nas lojas autorizadas.

Para obter o melhor custo-benefício do seguro para automóvel é necessário, refletir sobre a utilização do veículo, deslocamentos, frequência de uso, finalidade particular ou comercial, etc. Também é importante optar por um seguro flexível e que ofereça facilidade de pagamento.

Por isso, a Energy Group oferece o que há de melhor em seguros para automóveis com preços competitivos, benefícios exclusivos e atendimento personalizado. Fale conosco e confira as vantagens!

Comente!

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Último Post