Consórcio: é vantajoso investir nessa modalidade financeira?

Consórcio: é vantajoso investir nessa modalidade financeira?

Você já pensou em investir em consórcio? Então saiba que a modalidade financeira é uma das melhores opções da atualidade. Confira!

Por que investir em consórcio?

O que é o Consórcio?

Consórcio é uma modalidade de compra em grupos de pessoas (físicas ou jurídicas) que visa à aquisição de bens móveis, imóveis ou serviços. A formação desses grupos é feita por uma administradora, autorizada e fiscalizada pelo Banco Central do Brasil.

Apesar da retração econômica brasileira, o sistema de consórcios tem apresentado desempenho favorável ao ratificar a postura de confiança e credibilidade pelos consumidores.

De acordo com a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC), as vendas de consórcios acumularam 3,17 milhões de cotas. Com isso, houve avanço de 14,4% sobre as 2,77 milhões contabilizadas entre janeiro e novembro de 2020. Já os negócios, ultrapassaram a marca dos R$ 202,34 bilhões em 2021.

Quer saber um pouco mais sobre essa modalidade financeira e como se dar bem?

Então confira neste conteúdo tudo sobre consórcio e porque ele pode proporcionar bons resultados com pouco investimento.

Como funciona o consórcio?

Nessa modalidade de investimento, o valor do bem ou serviço é diluído em um prazo predeterminado, de modo que cada integrante do grupo realize o pagamento mensal (ou conforme estipulado em contrato), ao longo desse período.

A cada mês, a empresa administradora do consórcio comtempla alguém por sorteio ou lance, fornecendo o crédito no valor do bem ou do serviço contratado, até que todos os integrantes do grupo sejam atendidos.

Principais características do consórcio:

  • Parcelamento Integral;
  • Diversidade de prazos para pagamentos;
  • Poder de compra à vista;
  • Possibilidade mensal de obter o crédito por meio de sorteio;
  • Possibilidade de acelerar a contemplação por meio de lances;
  • Oportunidade de formar e ampliar patrimônio;
  • Flexibilidade do uso do crédito.

 Quais são os tipos de consórcio?

A flexibilidade dos planos permite diversos tipos de compra, como:

  • Bens móveis (automóveis; motocicletas; caminhões; ônibus; tratores; maquinários agrícolas; aviões; embarcações; mobiliários residencial, comercial e industrial; eletrodomésticos; eletroeletrônicos e equipamentos médicos e odontológicos.
  • Imóveis (casas; apartamentos; salas; lojas; galpões industriais e comerciais; lotes; terrenos; casa de veraneio e reformas.
  • Serviços (viagens; educação; festas de casamento; formatura; procedimentos estéticos; cirurgias plásticas; tratamentos odontológicos; colocação de aparelhos; próteses dentárias; e serviços residenciais ou empresariais tais como decoração, jardinagem e pintura.

Funcionamento dos grupos de consórcio

Para que o investimento ocorra de modo seguro, a administradora reúne um determinado grupo que pretende adquirir um bem ou serviço. Com esse conjunto de participantes estabelecidos, os integrantes passam a realizar pagamentos mensais ou de acordo com o período estabelecido.

A soma de todos os valores forma uma poupança conjunta. O valor de cada parcela é definido antes da assinatura do contrato, de forma que o participante possa fazer o planejamento financeiro pessoal e estar ciente de todos os seus compromissos com o grupo.

Para a proteção dos integrantes, a administradora fornece um contrato de adesão, com todos os critérios bem definidos e acessíveis para os consorciados. Com os recursos do grupo, é feita a contemplação de um ou mais integrantes por meio de sorteios ou da oferta de lances.

É importante ressaltar que o grupo de consórcio só é efetivamente formado a partir da execução da primeira reunião ou assembleia.

Contemplação

O momento da contemplação corresponde ao acesso do integrante à carta de crédito, a qual permite a compra do bem ou serviço. Esse processo se repetirá dentro do período estabelecido até que todos os membros daquele grupo sejam devidamente contemplados.

Mesmo depois de receber a carta de crédito e conquistar o “sonho de consumo”, o consorciado contemplado deve continuar a quitar as parcelas estabelecidas no contrato.

A contemplação pode acontecer das seguintes formas:

  • Sorteios mensais (forma mais tradicional de ser contemplado. Caso o membro do grupo não tenha pressa em ter acesso ao crédito, ele pode esperar os sorteios mensais até alcançar a contemplação).
  • Oferta de lances (os lances funcionam como uma espécie de leilão em que diferentes participantes podem oferecer valores que se referem à antecipação das parcelas do consórcio. Quem oferta o maior lance sai vencedor).
  • Encerramento do grupo (se a contemplação não acontecer por nenhuma das outras formas, ela se dará ao término do pagamento de todas as parcelas).

O que são as cotas?

cota de um consórcio representa a identificação de cada participante do grupo. O dinheiro da contribuição individual é reunido para formar o Fundo Comum. A sua cota corresponde à sua participação nesse fundo.

Na prática, a sua cota de consórcio é um bem que será pago ao longo do prazo do grupo. Tanto é que há pessoas que negociam cotas, vendendo-as ou comprando-as, conforme a situação.

Em determinados momentos, o número da cota (o identificador no grupo) é ainda mais importante, sobretudo no caso do sorteio mensal, pois ele define a cota sorteada no mês, que será contemplada com a carta de crédito e permitirá ao consorciado adquirir o bem ou serviço desejado.

Lances do consórcio

Geralmente, as reuniões de cada grupo acontecem mensalmente para realizar os sorteios, a fim de definir qual integrante terá acesso à carta de crédito. No entanto, se algum interessado não quiser esperar pela sorte pode oferecer um valor para antecipar o pagamento de parcelas. Esta antecipação é chamada de lance.

Nessa oportunidade, quem oferecer o lance maior será o contemplado do mês. Todavia, aquele que fizer um lance, mas for superado, não precisa arcar com o pagamento. Pode, é claro, guardar o dinheiro para oferecer novos lances nos meses seguintes.

Antes de tudo, é preciso deixar claro que para dar um lance é preciso comunicar à administradora a intenção e o valor antes da assembleia.

Tipos de lance:

– fixo: é quando o valor oferecido atende a um montante especificado pela administradora;

– livre: ocorre quando o consorciado faz uma oferta de acordo com as suas condições, sempre respeitando os percentuais descritos no contrato.

– embutido: embora não seja uma modalidade específica, é uma alternativa para quem não tem recursos próprios para ofertar como lance, desde que esteja prevista no contrato do consórcio. Assim, o consorciado utilizará parte da sua futura carta de crédito para pagar o valor do lance ou complementará o valor do lance embutido com recursos próprios, aumentando ainda mais as chances de contemplação.

Como utilizar a Carta de Crédito

A carta de crédito equivale ao valor total do consórcio e tem valor de pagamento à vista. Ela é plenamente aceita no mercado e é garantida pelo Banco Central, podendo ser empregada para a aquisição de um bem ou para a contratação de um serviço.

Embora venha com valor determinado, a carta de crédito favorece a negociação e a busca pelas melhores condições para acertar o negócio mais favorável, o que é um diferencial dessa modalidade de investimento.

Ao ser contemplado, o consorciado não recebe diretamente o dinheiro, mas escolhe o bem ou serviço a ser adquirido, definindo em qual empresa realizará a compra ou a contratação. Em seguida, ele leva as informações para a administradora, que fará as análises necessárias e cuidará do pagamento.

Vantagens do consórcio

Como você já conhece os diferentes tipos de consórcio e entende o seu funcionamento, é momento de saber o porquê de ser tão vantajoso.

  • Ausência de juros

De fato, os consórcios não têm juros. Ainda assim, muitas pessoas se esquecem desse “detalhe”, que pode fazer uma grande diferença para o bolso de quem anseia a liberdade financeira.

No caso do consórcio, o que existe é o pagamento da taxa de administração, cujo valor é bem mais baixo quando comparado a outras formas de aquisição parcelada. É a forma de remuneração da administradora pelo serviço de gerenciamento prestado.

  • Baixo custo inicial

O consórcio não exige nenhuma entrada da parte de quem investe, diferentemente de outras formas de investimento.

A primeira parcela paga já conta como uma parte do serviço ou bem que você quer comprar por meio do consórcio. Além de proporcionar um custo efetivo proporcionalmente menor em relação a outras formas de parcelamento, o pagamento inicial será semelhante aos demais, o que favorável o controle financeiro e é um ótimo incentivo para começar.

  • Riscos reduzidos

Os diferentes tipos de consórcio oferecem alternativas para investir sem se arriscar muito. Comparado aos títulos públicos ou à Bolsa de Valores, o consórcio desponta como uma opção segura, porque todo o dinheiro investido é direcionado exclusivamente ao saldo de caixa do grupo.

  • Economia

Ao aderir a um consórcio, você assume o compromisso de honrar com uma obrigação mensalmente. Ou seja, é como se você tivesse mais uma conta entre as despesas do cotidiano: água, internet, condomínio, celular etc.

A diferença é que você fará uma economia para concretizar um objetivo importante para a sua vida. Além disso, o consórcio favorece a disciplina de economizar.

  • Diversidade de planos

A ampla diversidade de planos que os consórcios oferecem é ideal para quem ainda não definiu o que deseja realizar.

Por exemplo, se você quer adquirir um veículo de determinado valor, mas ainda não escolheu o modelo que pode ser comprado nessa faixa de preço, o consórcio garante o seu direito de escolha.

  • Otimização do planejamento financeiro

Com o compromisso assumido de acordo como o estabelecido no contrato, o seu planejamento financeiro tende a melhorar, uma vez que ficar inadimplente com as parcelas atrapalhará e retardará a conquista dos seus sonhos.

Portanto, o consórcio é uma boa opção não só por auxiliar com as economias, mas também por levar a uma série de reflexões sobre o modo de gerir as finanças.

  • Ampliação do poder de compra

É importante ressaltar que o consórcio garante a manutenção do poder de compra da carta de crédito. Mesmo com o passar do tempo e os efeitos da inflação, a atualização do consórcio faz com que a carta de crédito permita que a compra seja feita à vista.

Como se não bastasse, os vendedores geralmente concedem descontos consideráveis em aquisições realizadas nessas modalidades.

Dicas preciosas

O consórcio é uma maneira segura e regular de aplicar o seu dinheiro e convertê-lo em um bem ou serviço. Porém, antes de assinar o contrato de participação em grupo de consórcio, é recomendável que você:

  • Leia atentamente as cláusulas do contrato para conhecer seus direitos e obrigações;
  • Verifique se o valor do crédito e o prazo de duração do grupo constam no contrato;
  • Confira os percentuais de contribuições (taxa de administração e, se houver, fundo de reserva e/ou seguro) e as demais despesas que serão cobradas;
  • Certifique-se quanto ao critério de correção do crédito que será aplicado pela administradora e às garantias que você deverá fornecer para retirar o bem ao ser contemplado;
  • Verifique as regras de contemplação por sorteio e lance, a forma de antecipação de pagamento de prestações e a possibilidade de optar por crédito de menor ou maior valor antes da contemplação;
  • Certifique-se de que aquilo que foi prometido, em propaganda ou pelo vendedor, consta do contrato. Todos os direitos e obrigações do consorciado devem estar estabelecidos no contrato.
  • No ato da assinatura do contrato, exija uma das vias do documento de adesão e/ou cópia do regulamento do grupo.
  • A administradora de consórcios é a empresa que organiza e administra os grupos de consórcios;
  • O Banco Central do Brasil, de acordo com a Lei nº 11.795/2008, é a autoridade competente para normatizar e fiscalizar o Sistema de Consórcios no Brasil;
  • Consulte o site do Banco Central para conferir a relação de empresas autorizadas, em www.bcb.gov.br, ou clique aqui e encontre uma administradora associada à ABAC.

Comente!

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Último Post